Blog

Pitching! Venda sua ideia.

O mercado de novas empresas vem mudando muito rápido! É impressionante como os pequenos negócios que surgem com inovações podem ser alavancados numa velocidade absurda, e tudo isso graças a nossa capacidade de se comunicar.

12345

As empresas que surgem com uma boa ideia e fundamentos para vendê-la pode conseguir investimento de terceiros para bancar este projeto, muito mais facilmente do que a anos atrás.

Uma das técnicas para apresentar um projeto inovador e chamar a atenção de pessoas interessadas em investir é o PITCH!

Dispensando a apresentação extensa e detalhada de um plano de negócios completo, o Picth ou Picthing é uma apresentação sucinta e objetiva sobre o negócio.

Empresas “Start-Up’s” utilizam muito esta técnica e que condiz muito com a objetividade de uma startup. Pra começo de conversa, uma startup é um modelo de negócio geralmente em fase inicial de constituição e que possui certas características para ser enquadrado como tal, como por exemplo: Replicabilidade, Escalonabilidade e Instabilidade ou Incerteza.  Ou seja: o serviço, o produto ou a proposta desta empresa tem que ser facilmente repetida, de alta probabilidade de desenvolvimento e retorno e consequentemente num ambiente ou numa circunstancia de alto risco para investimento e retorno certo.

A área da tecnologia destaca-se por possuir muitas startups, pois o segmento tende a possuir as características pertinentes citadas anteriormente, mas qualquer proposta de negócio pode enquadrar-se como uma startup se possuir as características necessárias e eu diria: “O espírito” de uma startup.

Tanto startup como os a ação do “Pitch” são muito beneficiados se estiverem em um ambiente favorável e preparados para isso. Ambientes de trabalho como co-working e eventos de apresentação de negócios vem favorecendo a conexão entre pessoas interessadas em compartilhar suas ideias em busca de outras pessoas interessadas em investir em novas ideias.

Nos eventos de Pitch existem investidores dispostos a comprar empresas, comprar ideias ou investir numa empresa já existente, obtendo retornos sobre o investimento e muitas vezes tornando-se sócios. Um exemplo para quem ainda não viu nada parecido é o programa “Shark Tank” – Negociando com tubarões, do Canal Sony. Neste reality show os participantes apresentam suas ideias para alguns investidores, e se tiverem sorte (ou seja, se estiverem preparados e a ideia apresentada for boa) eles podem sair de lá com sócios e investimentos para seu negócio. (confira o vídeo abaixo)

Os eventos de Pitch, (também utilizado o termo Elevator Pitch, em alguns casos) atraem investidores e funcionam quase da mesma forma que pode-se ver no reality show – Negociando com Tubarões. Além de um produto/serviço viável e interessante para investimento é preciso uma apresentação cativante e que convença os investidores de imediato, pois o Pitching ou  Elevator Pitch utilizado nas apresentações é sucinto e objetivo, e com a escassez de tempo é necessário uma apresentação assertiva e chamativa.

Quando não se tem um produto ou algo pronto para mostrar, deve-se apostar na dinâmica da apresentação, na dominância acerca do assunto por parte do locutor da apresentação e a utilização (opcional, mas extremamente aconselhável) de um material visual de apoio, como slides digitais ou impressos para demonstrar a ideia.

Existem várias dicas, várias formas e várias técnicas para um Pitching, a metodologia ideal para apresentação depende muito do negócio, do ambiente e condições para apresentação, do objetivo da apresentação e da desenvoltura do apresentador, portanto não existe bem uma “receita de bolo” para o pitching, mas a melhor opção de apresentação é a seguinte:

– Prepare uma apresentação impactante;

– Use slides se possível; (Caso não seja, use slides impressos em grandes “cards”para facilitar a visualização)

– Preocupe-se muito com o design; (Faça slides bonitos! Chame a atenção)

– Não use textos no slide, se possível; (Toda informação extensa deve ser verbal e JAMAIS leia o conteúdo de um slide, ele deve ilustrar o que o apresentador está dizendo e pode conter informações relevantes em números, gráficos e porcentagens)

– O tempo é curto! Lembre que são necessários pouco slides (de 05 à 10 slides são o suficiente)

– Caso tenha um produto, mostre-o!

– Tenha algo a mais do que apenas a ideia inicial; (Faça alguma pesquisa de mercado, ou crie um site/blog/fan-page para mostrar seu produto às pessoas! Você tem que acreditar em sua ideia para convencer os investidores a acreditarem também.)

LINKS ÚTEIS:

LAYOUTS DE SLIDES PARA PITCH – modelos de slides em PPT para download (A maioria são pagos, mas você pode visualizar os layouts e se inspirar para criar o da sua empresa/ideia)

MODELOS GRATUITOS – modelos de slides em PPT para download (Gratuitos).

Lembre-se na hora de montar sua apresentação: MENOS É MAIS!